Procuradoria Geral da República (PGR) investiga denúncia de desvios na Sonangol

Procuradoria Geral da República (PGR) investiga denúncia de desvios na Sonangol

A Procuradoria Geral da República (PGR). Tendo tomado conhecimento da denúncia pública de desvios de fundos feita pelo presidente do Conselho de Administração da Sonangol. Carlos Saturnino, mandou instaurar um inquérito para apurar responsabilidades. Soube o Jornal de Angola de uma fonte daquela instituição.

O caso está a ser investigado pela Direcção Nacional de Prevenção e Combate à Corrupção da Procuradoria Geral da República.

O presidente do Conselho de Administração da Sonangol, Carlos Saturnino, revelou quarta-feira, em conferência de imprensa. Que a nova administração da petrolífera apercebeu-se que o administrador responsável pelas Finanças. Embora tivesse sido exonerado no dia 15 de Novembro, ordenou no dia 16 uma transferência no valor de 38 milhões de dólares para a Matter Business Solution, com sede no Dubai.

Close Menu