Coreia do Norte detona próprio míssil após perceber que cairia em território Russo; Putin reage 

Coreia do Norte detona próprio míssil após perceber que cairia em território Russo; Putin reage 

A Coreia do Norte detonou um míssil de seu próprio arsenal no último fim de semana depois de perceber que a arma seguia em direção ao território da Rússia.

A informação é do jornal sul coreano Economic Daily e foi divulgada pela imprensa internacional.

Segundo o relato, o armamento percorreu 48 quilômetros até que as autoridades norte-coreanas percebessem o destino final. E intencionalmente, cancelassem o teste,
detonando o objeto disparado.

Segundo uma fonte, o ângulo em que o projétil foi lançado, difere do utilizado nos demais testes, em que os mísseis caíram no Mar do Leste.

Como reflexo da ameaça, o presidente russo, Vladimir Putin. Colocou as linhas de defesa no extremo leste de seu território em alerta máximo.

A informação foi confirmada pelo ministro da Defesa e Segurança da Rússia, Victor Ozerov.

A manobra frustrada ocorre em meio à escalada da tensão na península da Coreia e trocas de declarações ríspidas entre autoridades de Washington e Pyongyang.

Nesta semana, o presidente dos EUA , Donald Trump, chegou a afirmar que se encontraria com o líder norte-coreano. Mas, posteriormente, a Casa Branca afirmou que momento atual “não é o mais adequado” para tal encontro.

Posteriormente, autoridades militares do país comunista disseram que voos de bombardeiros dos EUA. Levaram a situação para “a beira de uma guerra nuclear.

Nas últimas semanas, o exército de Kim Jong-un realizou o maior exercício com fogo real da história do país.

Close Menu