Beatriz Frank: Reconhecimento na moda em Angola, é tudo por conveniência 

Beatriz Frank: Reconhecimento na moda em Angola, é tudo por conveniência 

A divulgação da lista de nomeações ao Moda Luanda2017 continua a gerar discussões e desabafos nas redes sociais. Desta vez foi a empresária directora-executiva da revista Super Fashion, Beatriz Frank, que manifestou a sua indignação.

A divulgação da lista de nomeações ao ModaLuanda2017 continua a gerar discussões e desabafos nas redes sociais. Desta vez foi a empresária directora-executiva da revista Super Fashion, Beatriz Frank, que manifestou a sua indignação.

“Sobre os eventos, sentam-se nas primeiras filas os patrocinadores, amigos e familiares, pessoas que nada percebem de moda. Os prémios são dados não sei a que critérios de votação, que jamais são apresentados ao público. A moda vai muito além disso, é algo muito sério para banalizarmos dessa forma”.

Em resposta às declarações de Beatriz Franck, Karina Barbosa, directora-executiva da STEP, contra-atacou:

“A falsidade e vontade de atacar gratuitamente o outro é tanta que sai em defesa da Nadir Tati quando ela própria este ano votou na Soraya da Piedade, e não indicou sequer a Nadir (que não tem culpa nenhuma destas manifestações infelizes e que nem se manifestou sobre o assunto). Falta de carácter? Vontade de aparecer? Ou amnésia…?” Contra a directora-executiva da STEP.

A confusão não parou por aí, com Karina Barbosa e Beatriz Franck a serrem protagonistas de uma longa discussão que está a dar que falar um pouco por todas as redes sociais. Para mais detalhes, confira o post

Close Menu