Antigo gestor da Mediateca Zé Du acusado de furtar os meios informáticos e didáticos da Instituição

Antigo gestor da Mediateca Zé Du acusado de furtar os meios informáticos e didáticos da Instituição

Segundo Angop, os funcionários da Mediateca” Zé Dú” no município do Cazenga, em Luanda. Acusam a anterior gestão de ter furtado os meios informáticos e didácticos da instituição, o que compromete o seu normal funcionamento.

Constam dos meios retirados da Mediateca, segundo os funcionários, duas viaturas, 53 computadores, documentos, livros, CDs, DVDs e mesas.
Falando, hoje, segunda-feira, à imprensa, o funcionário da Mediateca ” Zé Dú”, Jonhan Matos, disse que os trabalhadores deparam-se na manhã da passada quarta-feira com as portas encerradas ao público, porque a antiga gestão não apareceu para a troca de pastas com a nova direcção.

Na quinta e sexta-feira, segundo Jonhan Matos, já faltavam alguns computadores na Mediateca. O que dá a entender que os meios furtados foram retirados nas horas com pouco movimento ou depois do expediente normal de trabalho.
A situação começou quando a antiga direcção teve conhecimento da sua substituição. E aproveitou para retirar materiais como os computadores e livros, instrumentos de limpeza, jardinagem e meios de transportes, desfalcando o património”, denunciou.

O bibliotecário Inácio Morais classifica a situação de triste e lamenta o facto de os meios terem desaparecido do interior da Mediateca. Principalmente quando as portas encontravam-se encerradas.
Segundo o bibliotecário, as portas encontram-se fechadas, porque as chaves foram levadas não se sabe por quem e não é possível aceder ao interior da Mediateca, levando os trabalhadores a concentrarem-se no pátio sem qualquer Informação.

Atendemos por dia 600 usuários, e a situação que se vive hoje é lamentável. Apelo a quem de direito para resolver a situação”, desabafou.

A mediateca que foi inaugurada em 2016 possui um anfiteatro, salas de leitura, multimédia. Internet e pesquisa, áudio visual, jogos, espaços de lazer, zona infanto-juvenil. Um projecto do Executivo angolano com objectivo de satisfazer. A necessidade de aquisição de conhecimento para pessoas de vários níveis académicos e idades.

A mediateca do Cazenga foi construída numa área de 15 mil metros quadrados. Tem a capacidade de receber diariamente mais de 500 visitantes. É composta de informação de 35 por cento de livros físicos e 65 por cento em informação electrónica. Estão disponíveis 12 mil livros, 350 mil conteúdos electrónicos, 500 DVDs e CDs.

Cazenga, um dos nove municípios da província de Luanda, conta com seis distritos urbanos. Tala-Hadi, Hoji ya Henda, Cazenga, 11 de Novembro, Kima-kieza e Calwenda.

Close Menu